1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Putin diz que ainda há diferenças sobre Ucrânia após conversa com Obama

O Estado de S. Paulo

07 Março 2014 | 07h 51

Para presidente russo, Kiev impôs 'decisões ilegítimas para as regiões leste, sudeste e a Crimeia'

O presidente russo, Vladimir Putin, disse nesta sexta-feira, 7, que ainda há diferenças com os Estados Unidos a respeito das abordagens e avaliações sobre a crise na Ucrânia, após uma conversa por telefone com o presidente norte-americano, Barack Obama, informou o Kremlin.

Em comunicado nesta sexta-feira, Putin disse que o novo governo de Kiev, que assumiu em um golpe anticonstitucional, impôs "decisões absolutamente ilegítimas para as regiões leste, sudeste e a Crimeia".

"A Rússia não pode ignorar pedidos por ajuda neste tema e age de acordo, cumprindo totalmente a legislação internacional", disse Putin.

Mais cedo, o premiê interino da Ucrânia, Arseni Yatseniuk, disse que o país está disposto a conversar com a Rússia, mas antes Moscou precisa retirar suas tropas, respeitar os acordos internacionais e interromper o apoio a "separatistas e terroristas".  

 O premiê disse que solicitou um segundo telefonema com o primeiro-ministro russo, Dmitry Medvedev. Os dois conversaram no sábado, no único contato de alto nível entre os dois países desde o início da crise.  

 "Nós declaramos nossa disposição para dialogar com o governo russo", disse.  Yatseniuk listou uma série de condições, incluindo a retirada de tropas e o fim do "apoio a separatistas e terroristas na Crimeia".  

 A liderança pró-Moscou da Crimeia, que assumiu o poder quando tropas russas ocuparam a região na semana passada, anunciou na quinta-feira que o Parlamento da região aprovou a adesão imediata à Rússia e convocou um referendo sobre a questão para 16 de março.  

"Ninguém no mundo civilizado irá reconhecer os resultados de um chamado referendo realizado por essas chamadas autoridades", disse Yatseniuk, que considerou os planos ilegais e inconstitucionais. / REUTERS

Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo