Putin promete caçar e destruir terroristas

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, prometeu caçar os terroristas ?nos porões e cavernas em que se escondem e destruí-los?, depois de um atentado suicida duplo contra um show de rock em Moscou. Grupos de defesa dos direitos humanos agora temem uma resposta desproporcional ao ataque. Numa reunião solene com o Gabinete, Putin disse que a Rússia não se curvará às exigências dos terroristas, e atribuiu os atentados a organizações internacionais. Nenhum grupo assumiu a autoria das explosões. ?Hoje, após a mais recente série de atos terroristas, podemos dizer que os bandidos ativos na Chechênia não estão apenas ligados a organizações terroristas internacionais, eles se tornaram parte integral, talvez a parte mais perigosa, da rede internacional?, disse Putin, em declarações transmitidas pela TV russa.

Agencia Estado,

07 Julho 2003 | 15h31

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.