Quatro mortos em atentado a comício nas Filipinas

Quatro pessoas morreram e 30 ficaram feridas em um atentado acontecido na noite deste sábado durante um comício no sul das Filipinas. Dos feridos, doze se encontram internados em estado grave. O atentado, realizado com uma granada de mão, ocorreu quando Malumpel Uto, candidato ao pleito municipal, discursava para mais de duas mil pessoas em um povoado da província de Maguindanao. Malumpel Uto escapou ileso. Com este atentado, eleva-se a 59 o número de mortos desde o início da atual campanha eleitoral nas Filipinas. Na próxima segunda-feira serão eleitos 13 senadores, 209 deputados e vários governadores e prefeitos em todo o país.

Agencia Estado,

13 Maio 2001 | 01h16

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.