Assine o Estadão
assine

Internacional

Acidente Aéreo

Queda de avião militar deixa cinco mortos em Mianmar

Aeronave decolou da capital Naypyidaw e seguiria para o Estado de Shan para participar de operações para extinguir incêndios; causas do acidente ainda são desconhecidas

0

O Estado de S. Paulo

10 Fevereiro 2016 | 12h41

NAYPYIDAW - Um avião militar caiu nesta quarta-feira, 10, em Mianmar pouco depois da decolagem na capital, Naypyidaw, matando os cinco ocupantes, informaram fontes oficiais.

Dois capitães, um comandante e um membro da tripulação morreram no momento do impacto, enquanto um cabo foi resgatado entre os destroços do aparelho com vida e levado a um hospital, onde morreu horas depois, segundo a imprensa local.

A aeronave, do fabricante Beech Aircraft Corporation, caiu poucos minutos depois da decolagem e pegou fogo, segundo uma fonte aeroportuária. O avião tinha previsto voar da capital Naypyidaw até o Estado de Shan (oeste) para participar das operações de extinção de um incêndio. As causas do acidente ainda são desconhecidas.

"Quando o avião alcançou os 500 pés (152,5 metros de altura, o piloto tentou aumentar a altitude, mas os sistemas falharam e o avião caiu", declarou Min Tun, ajudante do diretor do Ministério de Transporte, ao jornal "The Mianmar Times".

Os acidentes com aviões militares não são frequentes no país, ao contrário dos incidentes com voos comerciais. As companhias aéreas birmanesas encontram dificuldades para enfrentar o 'boom' turístico do país desde a dissolução da junta em março de 2011, após 50 anos de ditadura militar. / AFP e EFE

Mais conteúdo sobre:

Comentários