1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Rebeldes continuam a atacar forças iraquianas no Iraque

AE - Agência Estado

23 Junho 2014 | 12h 29

A ofensiva do grupo terrorista Estado Islâmico do Iraque e do Levante (EIIL) continua nas regiões norte e oeste do Iraque, fazendo com que o grupo se aproxime cada vez mais de seu sonho de implantar um regime muçulmano no Iraque e na Síria.

Na segunda-feira, homens armados emboscaram um comboio policial que transferiam um grupo de prisioneira a cerca de 140 quilômetros ao sul de Bagdá, matando nove policiais e 13 presos, de acordo com autoridades policiais.

Os oficiais disseram que alguns dos prisioneiros, que foram condenados por acusações relacionadas ao terrorismo, estavam sendo levados para uma prisão de alta segurança no sul da cidade de Nassiriya, a 320 quilômetros a sudoeste de Bagdá. Os funcionários falaram sob condição de anonimato porque não foram autorizados a falar com a imprensa.

Os impressionantes sucessos no campo de batalha dos militantes no norte e no oeste do Iraque deixaram expostas as insuficiências das forças militares do país. Em ambas as regiões, as tropas fugiram diante do avanço dos militantes do EIIL, abandonando suas armas, veículos e outros equipamentos.

No final de semana, as forças iraquianas sofreram com seguidas derrotas. A captura dos militantes neste domingo de cruzamentos que fazem fronteira com a Jordânia e a Síria seguiu à queda na sexta-feira e no sábado das cidades de Qaim, Rawah, Anah e Rutba, todas na província de maioria sunita de Anbar, onde militantes controlam desde janeiro a cidade de Fallujah e partes da capital da província, Ramadi. Fonte: Associated Press.