Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Internacional

Internacional » Reino Unido ativará Brexit no dia 29 de março, diz governo

Internacional

AFP PHOTO / CHRIS J RATCLIFFE

Reino Unido ativará Brexit no dia 29 de março, diz governo

Em comunicado, Departamento britânico para a Saída da UE afirmou que o presidente do Conselho Europeu foi notificado sobre o cronograma para o início das negociações na manhã desta segunda-feira

0

O Estado de S.Paulo

20 Março 2017 | 08h54
Atualizado 20 Março 2017 | 09h09

LONDRES - O governo britânico acionará o Artigo 50 do Tratado de Lisboa, que prevê dois anos de negociações antes da saída oficial do Reino Unido da União Europeia (UE), no dia 29 de março.

Em comunicado divulgado nesta segunda-feira, 20, o Departamento para a Saída da UE afirmou que o representante permanente do Reino Unido no bloco comum europeu, Tim Barrow, informou o presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, sobre o cronograma do processo nesta manhã. A notificação da ativação do artigo 50 será feita por meio de uma carta.

"Em junho, o povo britânico tomou a decisão histórica de abandonar a UE. Na quarta-feira (29) o governo dará continuidade a esta decisão e iniciará formalmente o processo de saída", diz o comunicado do ministro britânico para o Brexit, David Davis. 

Assim, a partir do dia 29 Londres e Bruxelas terão um prazo de até dois anos para chegar a um acordo de separação que deverá esclarecer, entre outras coisas, se os europeus do Reino Unido manterão seus direitos comunitários, o valor que os britânicos terão que pagar ao bloco em razão de seus compromissos orçamentários até 2020 e a nova relação de comercial entre as partes.

"Estamos no limiar da negociação mais importante para este país em uma geração", disse Davis. "O governo é muito claro em seus objetivos: um acordo bom para todas as nações e regiões do Reino Unido e para a Europa; uma aliança nova, positiva, entre o Reino Unido e nossos aliados e amigos da UE", completou. / AP e AFP

Mais conteúdo sobre:

Encontrou algum erro? Entre em contato

0 Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.