REUTERS/Carlos Barria
REUTERS/Carlos Barria

Relação dos EUA com China progrediu durante visita de Xi, diz Trump

Em declaração à imprensa, presidente americano se disse honrado por receber o colega chinês e destacou o relacionamento 'excepcional' de ambos

O Estado de S.Paulo

07 Abril 2017 | 17h51

PALM BEACH, FLÓRIDA - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta sexta-feira, 7, que ele e o presidente da China, Xi Jinping, fizeram progresso na relação bilateral entre Estados Unidos e China durante o primeiro encontro pessoal dos líderes.

Em reunião com Xi, Trump declarou que seu relacionamento com o presidente chinês é "excepcional" durante breves comentários aos repórteres após falar sobre atritos comerciais e preocupações com o programa nuclear da Coreia do Norte, bem como de outros do panorama internacional, em seu resort em Palm Beach, na Flórida. 

O presidente americano, que não permitiu perguntas da imprensa, agradeceu a participação do colega chinês na reunião e se mostrou "honrado" por poder tê-lo como convidado. Xi falou também, mas o fez em chinês e sem que os jornalistas tivessem acesso à tradução. 

Após a declaração do líder chinês, Trump disse que estava "cem por cento de acordo" com seu colega. O presidente americano estava acompanhado de uma dúzia de assessores e funcionários, incluindo seu genro, Jared Kushner, e o secretário de Estado americano, Rex Tillerson.

A agenda para esta sexta incluía reuniões dos presidentes e suas comitivas e um lanche de trabalho, após o qual Xi partiria do aeroporto de West Palm Beach, segundo a informação transmitida por funcionários americanos aos jornalistas que acompanham Trump. / REUTERS e EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.