1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Relembre os piores acidentes aéreos desde a década de 70

01 Junho 2009 | 07h 33

Acidente mais grave aconteceu em 27 de março de 1977, quando 583 pessoas morreram na ilha de Tenerife

beiO Airbus 330 da Air France que fazia a rota entre Rio de Janeiro e Paris, e que desapareceu nesta segunda-feira, 1, dos radares com 228 pessoas a bordo, pode ser o maior acidente aéreo desde 2004. O acidente mais grave na história da aviação aconteceu em 27 de março de 1977, quando 583 pessoas morreram na colisão de um avião da companhia americana Pan American e outro da holandesa KLM no aeroporto de Los Rodeos, na ilha de Tenerife.

 

Saiba quais foram os principais acidentes aéreos desde a década de 70:

 

2009

 

12 de fevereiro: Um avião de passageiros cai sobre uma casa em Buffalo, Estado de Nova York, matando todas as 49 pessoas a bordo e pelo menos uma pessoa no solo.

 

8 de fevereiro: Um avião de passageiros cai em um rio no Amazonas, causando a morte de 24 pessoas, a maioria delas da mesma família.

 

15 de janeiro: Um avião da US Airways, em um voo doméstico, faz um pouso forçado no rio Hudson, em Nova York. Todos os 150 passageiros e cinco tripulantes foram resgatados e ninguém morreu.

 

2008

 

14 de setembro: Um Boeing 737 sofre um acidente perto da cidade de Perm, no centro da Rússia, matando todos os 88 passageiros e tripulantes a bordo.

 

24 de agosto: Um avião de passageiros cai pouco depois da decolagem na capital do Quirguistão, Bishkek, causando a morte de 68 pessoas.

 

20 de agosto: Um avião da Spainair sai da pista durante a decolagem, no aeroporto de Barajas, em Madri, causando a morte de 154 pessoas e deixando 18 feridas.

 

2 de maio: O ministro da Defesa do Sudão está entre os 22 mortos no acidente de um avião que transportava uma delegação militar a oeste de Juba.

 

15 de abril: Cerca de 40 pessoas morrem quando um DC-9 sai da pista quando tentava decolar na cidade de Goma, na República Democrática do Congo, em meio ao mau tempo.

 

24 de janeiro: Dezenove pessoas morreram em um acidente com um avião de transporte militar polonês Casa C-295M no noroeste do país. A aeronave transportava oficiais que participaram de uma conferência sobre segurança aérea.

 

2007

 

30 de novembro: Todas as 56 pessoas a bordo de um avião da Atlasjet morrem em um acidente perto da cidade de Keciborlu, na província montanhosa de Isparta, na Turquia, a cerca de 12 km do aeroporto.

 

16 de setembro: Pelo menos 87 pessoas morrem de pois que um avião da companhia One-Two-Go derrapa na pista ao pousar, bate e se parte, em meio ao mau tempo no balneário tailandês de Phuket.

 

17 de julho: Avião da TAM não consegue parar na hora do pouso no aeroporto de Congonhas, em São Paulo, e se choca com casas do lado de fora do aeroporto. Foi o pior desastre aéreo já registrado no Brasil. Ao todo, 199 pessoas morreram - todas as 186 a bordo e outras 13 no solo.

 

5 de maio: Um Boeing 737-800 da Kenya Airways cai em um pântano na República dos Camarões, causando a morte de todas as 114 pessoas a bordo.

 

1 de janeiro: Um Boeing 737-400 da Adam Air sofre um acidente nas montanhas da ilha de Sulawesi, na Indonésia, durante um voo doméstico. Havia 102 pessoas a bordo.

 

2006

 

29 de setembro: Um Boeing 737 da Gol cai no norte do Estado do Mato Grosso, depois de se chocar no ar com um jato Legacy durante o voo, causando a morte de todas as 154 pessoas a bordo. Foi o segundo acidente aéreo mais grave da história do Brasil, em número de vítimas.

 

27 de agosto: Um jato da Comair CRJ-100 sofre acidente depois de decolar de Lexington, nos Estados Unidos, causando a morte de 49 pessoas.

 

22 de agosto: Um Tupolev 154 russo se acidenta no leste da Ucrânia com 170 pessoas a bordo.

 

9 de julho: Um Airbus A-310 da empresa russa S7 derrapa na pista durante o pouso no aeroporto de Irkutsk, na Sibéria. Cento e vinte e quatro das pessoas a bordo morreram, mas mais de 50 sobreviveram ao acidente.

 

3 de maio: Um Airbus A-320 da Armavia sofre acidente no Mar Negro perto de Sochi, matando todas as 113 pessoas a bordo.

 

30 de outubro: Um Boeing 737 com 104 pessoas a bordo cai na Nigéria, causando 97 mortes - inclusive a do líder espiritual muçulmano, Ibrahim Muhamadu Maccido. O avião, operado pela companhia aérea ADC, caiu após decolar do aeroporto de Abuja, em meio a uma forte tempestade.

 

31 de março: avião LET-410 operado pela companhia Team Transportes Aéreos bateu em uma montanha no norte do Estado do Rio de Janeiro, matando os 19 ocupantes

 

2005

 

10 de dezembro: Um DC-9 da Sosoliso se acidenta na cidade de Port Harcourt, no sul da Nigéria, matando as 103 pessoas a bordo.

 

6 de dezembro: Um avião militar C-130 cai nos arredores de Teerã, capital do Irã, matando 110 pessoas, algumas delas no solo.

 

22 de outubro: Um Boeing 737 da Bellview airlines, transportando 117 pessoas, cai pouco depois de decolar da cidade de Lagos, na Nigéria, matando todos a bordo.

 

5 de setembro: Um avião da empresa Mandala, com 112 passageiros e cinco tripulantes a bordo se acidenta na cidade indonésia de Medan, matando quase todos a bordo e dezenas no solo.

 

23 de agosto: Um Boeing 737-200 da empresa aérea Tans sofre acidente num voo interno no Peru, perto da cidade de Pucallpa. As informações são de que 40 pessoas morreram e 58 sobreviveram.

 

16 de agosto: Um avião colombiano operado pela West Caribbean Airways cai em uma remota região da Venezuela, matando todas as 160 pessoas a bordo. O avião, que havia partido do Panamá, seguia para a Martinica.

 

14 de agosto: Um avião da empresa Helios que voava do Chipre para Praga com 121 pessoas a bordo sofre um acidente ao norte de Atenas, a capital grega, aparentemente depois de uma queda de pressão na cabine.

 

16 de julho: Um avião da Equatair se acidenta pouco depois de decolar de Malabo, capital da Guiné Equatorial, causando a morte de todas as 60 pessoas a bordo.

 

3 de fevereiro: Os restos do Boeing 737 da Kam Air são encontrados nas altas montanhas perto da capital afegã, Cabul, dois dias depois de o avião ter desaparecido dos radares em meio a fortes tempestades de neve. Havia 104 pessoas a bordo.

 

2004

 

21 de novembro: Um avião de passageiros cai em um lago congelado perto da cidade de Baotou, no norte da China, matando as 53 pessoas a bordo e duas no solo.

 

3 de janeiro: Um voo charter egípcio da empresa Flash cai no Mar Vermelho, matando as 141 pessoas a bordo. Acredita-se que a maioria dos passageiros eram turistas franceses.

 

2003

 

25 de dezembro: Um Boeing 727 cai pouco depois de decolar no Benin, matando as 135 pessoas a bordo. O voo seguia para o Líbano.

 

8 de julho: Um Boeing 737 sofre um acidente no Sudão pouco depois de levantar voo, causando a morte de 115 pessoas a bordo. Só um passageiro, uma criança, sobreviveu.

 

26 de maio: Um Yak-42 ucraniano caiu no balneário de Trabzon, no Mar Negro, noroeste da Turquia, matando todas as 74 pessoas a bordo. A maioria dos passageiros eram soldados espanhóis de uma força de paz que voltava do Afeganistão.

 

8 de maio: Cerca de 170 pessoas morreram na República Democrática do Congo, depois que a rampa traseira de um antigo avião soviético, um Ilyushin 76, aparentemente caiu, sugando todas as pessoas a bordo para fora.

 

6 de março: Um Boeing 737 argelino cai depois de decolar do remoto aeroporto de Tamanrasset, no sul da Argélia, causando a morte de 102 pessoas.

 

19 de fevereiro: Um avião militar iraniano cai no sul do país matando todos as 276 pessoas a bordo.

 

8 de janeiro: Um avião da Turkish Airlines com 76 passageiros mais a tripulação cai enquanto tentava pousar em Diyarbakir.

 

2002

 

23 de dezembro: Um Antonov 140 que transportava especialistas em ciências aeroespaciais cai no centro do Irã, matando todas as 46 pessoas a bordo.

 

27 de julho: Um avião de guerra cai em meio a uma multidão de espectadores na cidade de Lviv, oeste da Ucrânia, matando 77 pessoas no pior desastre já ocorrido em um show aéreo.

 

1 de julho: Setenta e uma pessoas, muitas delas crianças, morrem quando um Tupolev 154 russo, que transportava alunos de uma escola para a Espanha, se chocou contra um Boeing 757 durante o voo, sobre o sul da Alemanha.

 

25 de maio: Um Boeing 747 da companhia aérea nacional de Taiwan - a China Airlines - cai no mar perto da ilha de Penghu, com 225 pessoas a bordo.

 

7 de maio: Um avião da China Northern Airlines transportando 112 pessoas caiu no mar perto de Dalian, no nordeste da China.

 

4 de maio: Um avião BAC1-11-500 operado pela companhia aérea EAS se acidenta na cidade de Kano, na Nigéria, matando 148 pessoas - metade delas no solo.

 

15 de abril: O voo 129 da Air China sofre acidente ao se aproximar de Pusan, na Coreia do Norte, com mais de 160 pessoas a bordo.

 

12 de fevereiro: Um Tupolev 154 operado pela Iran Air cai nas montanhas do oeste do Irã, causando a morte das 117 pessoas a bordo.

 

29 de janeiro: Um Boeing 727 da empresa equatoriana TAME se choca contra montanhas na Colômbia, causando a morte de 92 pessoas.

 

30 de agosto: Avião Brasília da Ricoo Linhas Aéreas cai no Acre e 23 pessoas morrem.

 

2001

 

12 de novembro: Um A-300 da American Airlines que seguia para a República Dominicana cai pouco depois de decolar em uma área residencial do bairro do Queens, em Nova York, matando todas as 260 pessoas a bordo e pelo menos cinco pessoas no solo.

 

8 de outubro: Um avião da SAS se choca contra um pequeno avião em meio à forte neblina na pista do aeroporto Linate, em Milão, causando a morte de 118 pessoas.

 

4 de outubro: Um Tupolev 154 da empresa aérea russa Sibir, que seguia de Tel Aviv para Novosibirsk, na Sibéria, explode durante o voo e cai no Mar Negro, matando todas as 78 pessoas a bordo.

 

3 de julho: Um Tupolev 154 russo, que seguia de Yakaterinburgo para Vladivostok se acidenta próximo a cidade de Irkutsk, matando 133 passageiros e 10 tripulantes.

 

2000

 

30 de outubro: Um Boeing 747 da Singapore Airlines, que seguia para Los Angeles, sofre acidente pouco depois da decolagem no aeroporto de Taipei, em Taiwan, matando 78 das 179 pessoas a bordo.

 

23 de agosto: Um Airbus da Gulf Air caiu no mar pouco antes da hora do pouso, em Barein, causando a morte das 143 pessoas a bordo.

 

25 de julho: Um Concorde da Air France que seguia para Nova York se incendeia logo depois de decolar e se choca contra um hotel nos arredores de Paris, matando 113 pessoas, entre elas, quatro no solo.

 

17 de julho: o Boeing 737-200 da Alliance Air sofre acidente tentava pousar em Patna, na Índia, causando a morte das 51 pessoas a bordo e de quatro pessoas no solo.

 

19 de abril: O Boeing 737-200 da Air Phillippines que seguia de Manila para Davao se acidenta quando se preparava para pousar, matando as 131 pessoas a bordo.

 

31 de janeiro: O MD-83 da Alaska Airlines, que voava do México para San Francisco, cai no mar, perto da costa sul da Califórnia, matando todas as 88 pessoas a bordo.

 

30 de janeiro: O A-130 da Kenyan Airways cai no Oceano Atlântico pouco depois de decolar de Abidjan, na Costa do Marfim, a caminho de Lagos, na Nigéria. Apenas 10 das 179 pessoas a bordo sobreviveram.

 

1 de novembro: Um Boeing 747-400 da Singapore Airlines (Sial) com 179 pessoas a bordo (20 delas tripulantes) cai na pista do Aeroporto Chiang Kai-shek, em Taipé, capital de Taiwan, segundos depois de levantar voo, matando pelo menos 65 delas e ferindo 68.

 

16 de dezembro: Sete pessoas da mesma família morrem na queda de um bimotor em São Paulo.

 

21 de junho de 2000: a queda de um bimotor Sêneca no Pantanal mata 6 pessoas no MS.

 

1999

 

31 de outubro: O Boeing 767 da EgyptAir cai no Oceano Atlântico depois de decolar do aeroporto John F. Kennedy, em Nova York, a caminho do Cairo. Todas as 217 pessoas a bordo morreram.

 

24 de fevereiro: Um avião da China Southern Airlines cai em um descampado na província costeira de Zhejiang depois de explodir durante o voo. Todas as 61 pessoas a bordo do TU-154 de fabricação russa morreram.

 

1998

 

11 de dezembro: O A-310 da Thai Airways International se acidenta na terceira tentativa de pouso em Surat Thani, na Tailândia, causando a morte de 101 pessoas.

 

2 de setembro: O MD-11 da Swissair, que seguia de Nova York para Genebra cai no Oceano Atlântico perto do Canadá, matando todas as 229 pessoas a bordo.

 

16 de fevereiro: O Airbus A-300 da China Airlines, de Taiwan, cai perto do aeroporto Chiang Kai-Shek, em Taipei, quando tentava pousar em meio à forte neblina e chuva, vindo de Bali, na Indonésia. Todas as 196 pessoas a bordo e sete pessoas no solo morreram.

 

2 de fevereiro: O DC-9 da Cebu Pacific Air se choca contra uma montanha no sul das Filipinas, matando todas as 104 pessoas a bordo.

 

1997

 

26 de setembro: Os 234 ocupantes de um Airbus da Garuda Indonésia morrem na queda do avião pouco antes de aterrissar no aeroporto de Medan, na Indonésia.

 

 

5 de agosto: Um Boeing da Korean Air Lines espatifa-se contra uma montanha na Ilha de Guam. Morreram 227 pessoas.

 

1996

 

31 de outubro: Fokker 100 da TAM cai em uma área residencial perto do Aeroporto de Congonhas e deixa 99 mortos.

 

2 de março: Nove pessoas, entre as quais os cinco integrantes do grupo Mamonas Assassinas, morrem na colisão de um jato Learjet contra a Serra da Cantareira, em São Paulo.

 

17 de julho: Morrem os 230 ocupantes de um Jumbo da americana TWA, que cai no Atlântico após decolar de Nova York rumo a Paris.

 

12 de novembro: Um Boeing 747 das Linhas Aéreas Sauditas, com 349 passageiros, choca-se no ar com um Ilyushin do Casaquistão, com 37 pessoas a bordo, perto de Nova Délhi, na Índia. Morrem todos os passageiros e tripulantes.

 

8 de janeiro: Um cargueiro Antonov-32 cai num mercado cheio de gente no centro da capital do Congo (ex-Zaire), Kinshasa. Morrem 350 pessoas.

 

1995

 

31 de março: Um A-310-300 da empresa Romênia Tarom cai três minutos após decolar de Bucarest, causando 60 mortes.

 

1994

 

26 de abril: Um Airbus da companhia taiwanesa China Airlines cai ao aterrissar no aeroporto de Nagoya, no Japão. Morrem 264 pessoas.

 

23 de março: Um A-310 da companhia russa Aeroflot acidenta-se na Sibéria e deixa 75 mortos.

 

1992

 

20 de janeiro: Um A-320 da companhia aérea francesa Air Inter cai perto de Estrasburgo (França) causando 87 mortes.

 

31 de julho: Um A-310-300 da empresa Thai Airways cai nas proximidades de Katmandu, Nepal, deixando 113 mortos.

 

28 de setembro: Um A-300 da Pakistan International Airlines cai perto de Katmandu, deixando 167 mortos.

 

1991

 

11 de julho: Morrem os 261 ocupantes de um DC-8 das Linhas Aéreas Nigerianas ao levantar voo de Jeddah, na Arábia Saudita.

 

26 de maio: Morrem 223 pessoas em um Boeing 767-300 da companhia austríaca Lauda Air, depois de o aparelho explodir no ar por causa de uma falha mecânica, quando sobrevoava a Tailândia.

 

26 de abril: a queda de um Airbus A-300 da companhia tailandesa China Airlines no aeroporto de Nagóia, cerca de 250 quilômetros ao oeste de Tóquio, mata 264 pessoas.

 

1990

 

14 de fevereiro: Um A-320 da Indian Airlines se acidenta ao aterrissar em Bangalore (Índia) provocando 90 mortes.

 

1989

 

22 de março: Um cargueiro da companhia aérea Transbrasil cai sobre a favela Jardim Ipanema, na cidade de Guarulhos. Três tripulantes e 22 pessoas em terra morrem.

 

1988

 

21 de dezembro: Um Boeing 747 da Pan Am cai sobre a cidade de Lockerbie, na Escócia, em consequência da explosão de uma bomba, matando as 259 pessoas que estavam a bordo e 11 moradores da cidade.

 

3 de julho: Um Airbus A-300 da Iran Air é derrubado no Golfo Pérsico pelo navio de guerra americano Vincennes, que identificou erroneamente o aparelho como um avião de ataque. Todos a bordo morrem.

 

1985

 

23 de junho de 1985. Um Boeing 747 da Air India cai na costa irlandesa, aparentemente depois de uma explosão. Morrem 329 pessoas.

 

12 de agosto: Um Boeing 747 da Japan Air Lines espatifa-se contra uma montanha, no trajeto Tóquio e Osaka. Só quatro passageiros sobrevivem e morrem 520 pessoas.

 

12 de dezembro: Um DC-8 da Arrow Air, em uso pelas Forças Armadas americanas, cai depois de levantar voo de uma parada para abastecimento, no Canadá, quando levava soldados americanos de volta para os EUA. Morrem 256 pessoas.

 

1983

 

1 de setembro de 1983. Um Boeing 747 da Korean Air Lines é derrubado por um avião de guerra soviético, depois de sobrevoar o espaço aéreo da ex-União Soviética, perto das Ilhas Sakalinas. Morrem 269 pessoas.

 

1982

 

8 de junho: Um Boeing 727 da Vasp bate em uma colina, pouco antes da aterrissagem em Fortaleza, no Ceará, e deixa 137 mortos. Na época, foi o maior desastre aéreo da aviação nacional.

 

12 de junho: Um avião da companhia Taba cai em Tabatinga, no Amazonas, e deixa 44 mortos.

 

1980

 

13 de abril: Um Boeing 727 da companhia Transbrasil bate em um morro em Florianópolis, em Santa Catarina, e mata 54 pessoas.

 

19 de agosto: Um Lockheed TriStar L-1011 da Saudi Arabian Airlines pega fogo no aeroporto de Riad, pouco antes de decolar, matando todos os ocupantes.

 

1979

 

25 de maio: Um DC-10 da American Airlines cai logo após levantar voo do aeroporto de Chicago, nos EUA. Morrem os 271 ocupantes e 2 pessoas em terra.

 

28 de novembro: Um DC-10 da Air New Zealand, num voo de Auckland, na Nova Zelândia, para o Pólo Sul, bate numa montanha na Antártida. Ninguém sobrevive. 257 mortos.

 

26 de novembro: Eram aproximadamente 01:47hrs, horário local, quando o Boeing 707 da Pakistan Internacional Airlines -que fazia o vôo 740 de Jeddah, Arábia Saudita, para o aeroporto de Karachi no Paquistão- reportou um incêndio a bordo , logo após foram iniciados os procedimentos para o pouso de emergência .O avião não conseguiu chegar em segurança ao solo, caiu numa Região rochosa e explodiu. Todas as 156 pessoas a bordo morreram.

 

1978

 

01 de janeiro: No primeiro dia do ano o vôo 855 ia de Bombay , Índia para o aeroporto de Dubai nos Emirados Áreabes , ao atravesar o mar Arábico na Região de Bandra o Boieng B747 da Air India começou à apresentar problemas nos seus instrumentos de navegação , sem orientação o piloto não conseguiu manter controle do aeronave e ele caiu de nariz no mar numa região de baixa profundidade, 213 pessoas morreram.

 

25 de setembro: O Boeing 727 da Pacific Southwest Airlines colidiu com um Cessna 172 , ao sobrevoar San Diego, Califórnia. O acidente provocou 144 mortes no total, 135 passageiros do Boeing, duas pessoas a bordo do Cessna, e sete pessoas que foram atingidas no solo. Outras nove pessoas no solo ficaram feridas e 22 casas ficaram destruídas.

 

1977

 

27 de março de 1977: Durante o vôo o Boeing 747 da K.L.M.ele recebeu ordens para desviar seu vôo para Tenerife, Ilhas Canárias pois ocorrera um atentado a bomba num dos terminais de Grã -Canária, seu aeroporto de destino o avião pousou com segurança. Na mesma pista um Boeing 747 da PanAm, era abastecido, o mesmo se passara com este voo ele havia sido desviado para Tenerife. Quando a situação no aeroporto de Grã-Canária se tranqüilizou, os voos voltaram a ser liberados. Falhas na comunicação devido ao poucos conhecimentos de inglês do pessoal da torre e outros problemas técnicos, houve algum mal-entendido, e o capitão da KLM entendeu que poderia decolar.O piloto do Boeing da PanAm tentou evitar a catástrofe realizando uma manobra para sair da pista, mas já era tarde. O 747 da KLM cortou a lateral do jato da Pan Am a uma velocidade de 250 quilômetros por hora, provocando uma enorme explosão que matou 583 pessoas que ocupavam as aeronaves. As equipes de resgate levaram nove horas para apagar o incêndio.

 

19 de novembro de 1977: O Boeing 727 da TAP fazia uma das suas rotas regulares indo de Bruxelas, Belgica para a Ilha da Madeira, passando por Lisboa. Chovia muito em Funchal, ilha da Madeira, quando o vôo 425 tinha sua a visibilidade prejudicada no momento que tentava aterrissar. O avião não conseguiu parar ao final da pista, atingiu uma pedra, em seguida sofreu uma queda vertical de 130 metros em direção da praia, explodiu em chamas, matando 131 pessoas. 

 

1976

 

10 de setembro: No espaço aéreo Servo-Croata, uma falha na comunicação colocou dois jatos em rota de colisão. A asa do DC9 atravessou o meio da fuselagem do Trident, depois do choque as duas aeronaves perdem o controle e atingem o solo. O DC9 da Inex Adria ia da Croácia para a Alemanha, com 113 pessoas à bordo, e o Tridente da British Airlines ia de Londres para Istambul com 63 pessoas à bordo. Todas as 176 pessoas morreram.

 

19 de setembro: Na Turquia o voo do Boeing 727doméstico da Turkish Airlines que ia de Istanbul para Antalya, chocou-se contra as Montanhas Karatepe .O impacto foi fatal e matou todos os 154 ocupantes.

 

1975

 

3 de agosto: o Boeing 707 da Alia Royal Jordanian Airlines, vindo de Paris, aproximava-se para pouso no aeroporto de Agadir- Inezgane, Marrocos, quando teve sua asa direita e um dos seus motores separados. A aeronave perdeu controle e caiu num barranco. Todos os 188 ocupantes morreram.

 

1974

 

3 de março: DC10 da Turkish Airlines vindo de Istambul, com conexão em Paris , decolou do aeroporto de Orly de Paris com destino ao aeroporto de Heathrow, Londres , com 335 passageiros. Minutos após sua decolagem uma das portas do compartimento de bagagem se soltou, despresurizando o avião que perdeu parte de sua fuselagem e caiu na Região dos bosques de Ermenonville, na França. Morreram 346 pessoas.

 

4 de dezembro: O voo 138 da Martinair Holland que ia da Indonésia para o Sri Lanka choca-se com as Montanhas de Anjimalai, matando todos seus 191 ocupantes.

 

1973

 

22 de janeiro: O Boeing 707 havia sido fretado pela Nigeria Airways para voar de Jeddah, Arábia saudita de volta para o Lagos, Nigéria. O mau tempo obrigou a tripulação a desviar para Kano, Nigéria. Durante o pouso o avião bateu numa depressão da pista fazendo com que ele virasse 180º, o avião pegou fogo ao ser arremessado fora da pista, 176 pessoas morreram no acidente.

 

1972

 

14 de agosto: Trinta minutos após a decolagem de do aeroporto de Schönefeld em Berlim , com destino à Bulgária, o Ilyushin 62 da Interflug começou a apresentar problemas. O piloto requisitou o retorno do avião ao aeroporto para tentar o pouso de emergência, momentos depois um incêndio a bordo comprometeu a fuselagem e os controles do avião , e ao que ao tentar a aterrissagem de emergência o piloto perdeu perdeu o controle da aeronave e colidiu provocando a morte de 156 pessoas.

 

13 de outubro: O Ilyushin62 da Aeroflot International que ia de Leningrado, Rússia, para o aeroporto de Moskva-Sheremetyevo, também na Rússia, quando caiu em um lago, ao realizar sua terceira tentativa de pouso em condições meteorológicas adversas. Nenhuma das 174 pessoas a bordo sobreviveu. O sistema ILS não estava funcionando naquela noite.

 

03 de dezembro: O Convair CV-990 que ia de Tenerife, Ilhas Canárias com destino ao aeroporto de München-Riem na Alemanha, caiu na decolagem devido à péssimas condições de tempo, e à visibilidade quase zero. A queda matou todos seus 1555 ocupantes.

 

1971

 

30 de julho: O Boeing 727 da All Nipon realizava seu voo doméstico de Sapporo com destino a Tóquio , quando colidiu com um jato F-86f da Força Aérea Japonesa que fazia exercícios na área. O piloto do jato conseguiu ejetar, o impacto causou danos ao estabilizador do 727 que perdeu controle e caiu matando seus 163 ocupantes.