Assine o Estadão
assine

Internacional

George W. Bush

Republicanos atacam George W. Bush em debate na TV

Apenas o irmão Jeb Bush e o senador Marco Rubio defenderam o legado do ex-presidente americano

0

CLÁUDIA TREVISAN CORRESPONDENTE/ WASHINGTON,
O Estado de S.Paulo

14 Fevereiro 2016 | 20h52

George W. Bush foi alvo de ataques no debate entre pré-candidatos republicanos, no sábado à noite. Donald Trump criticou o ex-presidente e o acusou de responsabilidade pelo atentado de 11 de setembro de 2001. O bilionário também afirmou que o governo do correligionário mentiu para justificar a invasão do Iraque em 2003, a qual ele classificou de um “enorme erro”.

A Guerra do Iraque foi criticada por três dos seis participantes do debate, mas as declarações mais contundentes partiram de Trump. “O World Trade Center ruiu sob o reinado de seu irmão, lembre-se disso”, disse o bilionário a Jeb Bush, irmão de George W. Segundo ele, o ex-presidente teve a chance de matar Osama bin Laden antes do ataque de 11 de setembro, mas não seguiu os conselhos da CIA.

“Nós nunca deveríamos ter ido ao Iraque. Nós desestabilizamos o Oriente Médio”, afirmou Trump. “Eles mentiram. Eles disseram que havia armas de destruição em massa e não havia nenhuma. E eles sabiam que não havia nenhuma”, ressaltou, repetindo uma crítica que costuma ser feita por democratas e não por republicanos.

“Se não havia armas de destruição de massa, nós nunca deveríamos ter ido. E eu não acredito que os Estados Unidos devem se envolver em guerras civis”, concordou John Kasich, governador de Ohio.

A defesa do legado de Bush ficou a cargo de seu irmão e do senador Marco Rubio, que disputam a preferência dos moderados contra Trump e Ted Cruz. “Eu agradeço sempre a Deus pelo fato de que George W. Bush estava na Casa Branca quando o 11 de Setembro aconteceu e não Al Gore”, declarou Rubio, em referência ao candidato presidencial democrata derrotado pelo republicano no ano 2000.

O senador minimizou a discussão sobre armas de destruição em massa e disse que Saddam violou resoluções da ONU, o que seria uma justificativa para a invasão americana do Iraque. “Enquanto Trump estava construindo um reality show na TV, meu irmão construía um aparato de segurança para nos manter seguros”, disse Bush.

Comentários