Republicanos obtêm vaga na Câmara em pleito no Havaí

O Partido Republicano conseguiu mais um assento no Congresso dos EUA após seu candidato, Charles Djou, vencer uma disputa contra dois democratas para o cargo de deputado pelo Estado do Havaí - distrito em que o atual presidente do país, Barack Obama, nasceu e passou a maior parte de sua infância.

AE-AP, Agência Estado

23 Maio 2010 | 16h56

Djou recebeu 39,4% dos votos. Em segundo lugar, ficou a democrata Colleen Hanabusa, com 30,8% dos votos, seguida pelo também democrata Ed Case, com 27,6%. O republicano exercerá o cargo na Câmara dos Representantes durante 2010, ocupando o lugar do democrata Daniel Abercrombie, que renunciou ao Congresso para concorrer a governador.

Os democratas acreditam que conseguirão recuperar o assento no final do ano, porque não haverá dois candidatos do partido concorrendo. Djou será o primeiro republicano a representar o Havaí no Congresso desde a saída do deputado Pat Saiki, em 1991.

"Esse é um dia importante. Mandamos uma mensagem ao Congresso dos EUA. Mandamos uma mensagem aos democratas. Mandamos uma mensagem para a máquina", disse Djou. "O assento no Congresso não pertence a um partido político. O assento pertence ao povo", acrescentou.

Para Hanabusa, a segunda colocada, o Havaí é "um distrito democrata", levando em consideração que o partido recebeu 58% dos votos totais. "Estamos energizados para começar tudo de novo."

Os republicanos consideraram a vitória como um sinal de sua força antes das eleições de novembro. O partido já havia conseguido retirar dos democratas a cadeira antes ocupada pelo senador Edward Kennedy pelo Estado de Massachusetts - local outrora considerado o mais hostil aos republicanos. As informações são da Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
EUA republicanos Câmara Havaí

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.