Revista New Yorker apóia Kerry

Pela primeira vez em seus 80 anos de história, a revista New Yorker declara voto para um candidato presidencial dos Estados Unidos, apoiando o senador democrata John Kerry nas eleições da semana que vem. A revista alega que o histórico da administração Bush "tem sido de fracassos, arrogância, e - surpreendentemente para uma equipe que se vangloria de seu suposto profissionalismo - incompetência". Já Kerry "demonstrou serenidade e força de caráter durante toda sua carreira". O editorial de cinco páginas da edição de 1º de novembro critica os cortes de impostos do presidente Bush, suas políticas ambientais, a guerra no Iraque e o histórico de "falta de transparência e de arrogância" do Departamento de Justiça. Sobre o Iraque, a revista comenta que "o passeio acabou na beira do precipício, levou a uma sucessão de negligências e erros desastrosos que faz pensar, no mínimo, como é possível que a liderança civil do Pentágono continue intacta e o senso de infalibilidade do presidente, inalterado".

Agencia Estado,

25 Outubro 2004 | 15h38

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.