Romênia vai apoiar Israel em eventual conflito com o Irã

O presidente da Romênia, Traian Basescu, disse hoje que seu país será um leal parceiro de Israel e da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) no caso de um conflito com o Irã. No entanto, acrescentou que espera que o impasse sobre o programa nuclear iraniano seja resolvido por meio da diplomacia e das sanções.

AE-AP, Agência Estado

12 Agosto 2010 | 12h23

"Nós esperamos que as sanções impostas pelo Conselho de Segurança (CS) da Organização das Nações Unidas (ONU) criarão a solução certa em Teerã, que não será cavar covas para soldados norte-americanos, mas começar negociações transparentes", disse o presidente Basescu, ao lado do presidente de Israel, Shimon Peres.

Basescu afirmou que, se houver uma guerra com o Irã, "a Romênia será um parceiro leal da Otan e um parceiro leal de Israel". Os dois líderes conversaram durante uma hora sobre diversos temas. O Irã está sob uma quarta rodada de sanções impostas pelo CS da ONU. Os Estados Unidos e a União Europeia (UE) também implementaram ainda outras sanções contra o Irã em razão do controverso programa nuclear do país persa.

Peres realiza uma visita oficial de dois dias à Romênia, a primeira feita por um chefe de Estado israelense desde que Israel foi criado, em 1948. Ele agradeceu a Romênia por ter ajudado 400 mil judeus romenos a imigrar para Israel durante o período do regime comunista romeno (1947-1989).

O presidente israelense deverá participar de uma cerimônia numa sinagoga em Bucareste, em memória aos seis soldados israelenses mortos num acidente de helicóptero em julho na Romênia. Um soldado romeno também foi morto no desastre, durante um exercício militar conjunto. Peres agradeceu a Basescu o apoio do presidente romeno na apuração do acidente. Amanhã o presidente israelense visitará o Memorial do Holocausto em Bucareste.

Mais conteúdo sobre:
Romênia Otan Israel Irã conflito

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.