Rússia e EUA terão novo acordo nuclear, diz Medvedev

A Rússia e os Estados Unidos têm boas chances de assinar um novo acordo sobre redução do uso de armas nucleares antes do fim do ano, mas outras potências nucleares precisam se unir aos esforços para o desarmamento, afirmou o presidente da Rússia, Dmitry Medvedev, em nota divulgada hoje pelo Kremlin reproduzindo entrevista à revista alemã Der Spiegel.

AE-AP, Agencia Estado

07 Novembro 2009 | 14h38

Medvedev declarou que as conversas entre Estados Unidos e Rússia sobre o controle de armas têm se desenvolvido em ritmo positivo. "Temos todas as chances de chegar a um novo acordo, determinar novos padrões (para armas) e controlar medidas, além de assinar um termo de compromisso até o fim do ano", disse.

Embora esteja otimista em relação ao entendimento com os Estados Unidos, Medvedev se mostrou menos positivo a propósito da esperança de abolir completamente as armas nucleares. Tanto ele quanto o presidente Barack Obama se comprometeram, em abril, a buscar esse objetivo.

Medvedev comentou à Der Spiegel que outras potências nucleares têm relutado em se unir aos esforços para o desarmamento. "Um mundo livre de armas nucleares é nosso ideal compartilhado, e que devemos aspirar, mas a trajetória para isso tem sido difícil. Depende de outros países também."

Moscou e Washington estão negociando um acordo para suceder o Tratado de Redução de Armas Estratégicas de 1991, que expira em 5 de dezembro. Os esforços em neutralizar os arsenais nucleares dos dois países têm partido de Obama, que pretende melhorar as relações com a Rússia, que tiveram momentos de tensão na administração anterior.

Na segunda-feira, diplomatas russos e norte-americanos deverão dar início a uma nova rodada de negociações em Genebra, na Suíça. O porta-voz do Ministério de Relações Exteriores da Rússia disse que esse momento será conclusivo.

Mais conteúdo sobre:
Rússia EUA armas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.