AP Photo/St. Peterburg via AP
AP Photo/St. Peterburg via AP

Rússia prende suspeito de organizar ataque em metrô

Ele teria sido o responsável por treinar o homem que cometeu o atentado que matou 14 pessoas no dia 3

O Estado de S. Paulo

17 Abril 2017 | 15h22

ROMA - O serviço de Inteligência russo, FSB, anunciou nesta segunda-feira, 17, a prisão de Azimov Abror Akhralovic, 27 anos, suspeito de ser o organizador do ataque terrorista contra o metrô de São Petersburgo no dia 3, informou a agência Sputnik.  

A prisão ocorreu no bairro Odintsovo, em Moscou. De acordo com a agência de notícias russa Tass, foram encontrados uma pistola e dois celulares com Akhralovic no momento da prisão. Ele foi detido próximo da estação de trem da capital russa.       

Segundo o FSB, ele foi o responsável por treinar Akhbarzhon Jalilov, 22, que cometeu o atentado que matou 14 pessoas e deixou outras 50 feridas em uma estação do metrô. De acordo com o FSB, Azimov - que é proveniente da Ásia Central - foi levado para depor no Comitê de Investigação.       

A prisão ocorre cerca de dez dias após as autoridades russas informarem que estavam investigando os cúmplices de Jalilov, que era natural do Quirguistão. A mídia russa chegou a divulgar a possibilidade de o terrorista ter sido um "homem-bomba sem querer", já que as investigações apontavam que ele deveria apenas ter deixado a bolsa com explosivos.       

No entanto, as motivações para o atentado continuam desconhecidas. / Ansa 

Mais conteúdo sobre:
Rússia São Petersburgo Terrorismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.