Rússia prestes a enviar combustível nuclear para o Irã

O ministro de Energia Atômica da Rússia, Alexander Rumyantsev, anunciou hoje que será assinado em breve um acordo com Teerã que permitirá o envio de urânio para uma usina nuclear iraniana. A chegada de urânio à usina de Bushehr certamente aumentaria a tensão internacional com o programa nuclear iraniano, que para os Estados Unidos envolve o desenvolvimento de armas nucleares. A Rússia tem pressionado o Irã a assinar um acordo adicional de não-proliferação com a Agência Internacional de Energia Atômica a fim de afastar temores sobre fabricação de armas. Gholamreza Aghazadeh, o chefe da agência de energia atômica do Irã, teria dito na terça-feira que a república islâmica está disposta a assinar o acordo adicional sob condições não especificadas. A questão, entretanto, não foi esclarecida durante entrevista coletiva conjunta de Rumyantsev e Aghazadeh. Rumyantsev afirmou que o acordo permitindo a entrega de combustível nuclear estava concluído e precisava apenas ser examinado por especialistas antes de ser assinado. "Então, não haverá obstáculos para a entrega do combustível nuclear da Rússia para a usina de energia atômica de Bushehr", anunciou.

Agencia Estado,

02 Julho 2003 | 15h23

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.