Russos oferecem assistência aos EUA no combate ao antraz

Autoridades médicas russas informaram que o país está preparado para oferecer assistência aos EUA no combate ao antraz. "Nós estamos prontos para oferecer vacinas contra o antraz aos EUA caso seja necessário", disse a porta-voz do responsável pelo departamento de saúde pública do Ministério da Saúde, Gennady Onischenko. As preocupações sobre a ocorrência de um ataque bioterrorista se espalharam nos EUA, após a confirmação de casos de contaminação pelo bacilo na Flórida e em Nova York. Até esta manhã, 12 casos de contaminação ou exposição ao bacilo que causa o antraz tinham sido anunciados nos EUA. O FBI está investigando esses casos e tentando descobrir se esses casos têm relação com os ataques terroristas do dia 11 de setembro. "Se esses casos tiverem origem em atos terroristas, o país deve se preparar para proteger o público", disse o ministro de Saúde, Yuri Shevchenko. Leia o especial

Agencia Estado,

15 Outubro 2001 | 11h09

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.