Schroeder exige pedido de desculpas de Berlusconi

O chanceler alemão, Gerhard Schroeder, disse nesta quinta-feira que o primeiro-ministro italiano Silvio Berlusconi deve desculpas ao Parlamento Europeu por ter comparado o deputado alemão Martin Schulz a um nazista. ?Comparar um colega a um nazista foi uma declaração inapropriada e inaceitável?, disse Schoroeder diante do Parlamento Alemão. ?Exijo que o primeiro-ministro italiano faça um pedido de desculpas clara?. Berlusconi, que fez seu primeiro discurso nesta quarta-feira, em Estrasburgo (França), como presidente rotativo da União Européia, disse que não queria ofender a Alemanha, mas não se retratou ou pediu desculpa.

Agencia Estado,

03 Julho 2003 | 05h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.