Sede da Cruz Vermelha é atingida por bomba dos EUA

A sede da Cruz Vermelha Internacional em Cabul foi atingida hoje por uma bomba norte-americana, que destruiu armazéns de trigo e de materiais para ajuda humanitária. Um segurança afegão foi ferido. ?Dois depósitos da Cruz Vermelha foram destruídos?, disse o chefe da segurança Mullah Rohani. O pessoal afegão que trabalha para a Cruz Vermelha tentou salvar algumas das mercadorias armazenadas em um dos depósitos, cobrindo suas faces com roupas para atravessar a fumaça e recuperar medicamentos, cobertores e tendas. Um segundo depósito, que armazenava trigo, pegou fogo no mesmo ataque. Em Islamabad, o porta-voz da Cruz Vermelha no Paquistão, Mario Musa, confirmou que os edifícios tinham a marca da organização no telhado.

Agencia Estado,

16 Outubro 2001 | 11h25

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.