Seis soldados russos são mortos na Chechênia

Seis recrutas russos morreram em decorrência de explosões de minas terrestres e ataques rebeldes na Chechênia nas últimas 24 horas, informou neste domingo uma fonte do governo. Dois deles eram especialistas russos que morreram ao tentar desarmar uma mina na região de Vedeno, ao sul de Grozny. Outros dois morreram quando um ônibus que transportava tropas de elite passou sobre uma mina nos arredores da capital Grozny, conforme um funcionário da administração chechena pró-Rússia. De acordo com o funcionário, mais dois russos morreram e diversos ficaram feridos em 11 diferentes ataques contra posições russas desde sábado.

Agencia Estado,

13 Maio 2001 | 12h12

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.