Sérvia declara epidemia de gripe suína

O Ministério da Saúde da Sérvia declarou hoje epidemia no país do vírus da Influenza A (H1N1), popularmente conhecida como gripe suína. O órgão informou que a medida ajudará na prevenção. Com a declaração de emergência, as reuniões públicas podem legalmente ser banidas, escolas podem ser fechadas e as visitas a hospitais, impedidas. O Ministério da Justiça agiu rapidamente, proibindo todas as visitas em prisões do país.

AE-AP, Agencia Estado

11 Novembro 2009 | 16h04

A pasta registrou recentemente um grande aumento no número de casos na Sérvia, com 258 ocorrências confirmadas e sete mortes. No início de novembro, havia 130 casos e duas mortes. A ministra da Saúde, Tomica Milosavljevic, disse que haverá vacinas para médicos e enfermeiras, para os mais jovens e para os idosos, além daqueles com doenças crônicas. As escolas por toda a Sérvia permanecem fechadas, após um período de férias anteriormente programado. Elas reabrirão conforme a situação de saúde no país melhorar, segundo as autoridades.

Mais conteúdo sobre:
gripe suína Sérvia epidemia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.