Sharon propõe trégua imediata aos palestinos

O primeiro-ministro israelense Ariel Sharon pediu aos palestinos que aceitem uma trégua imediata e ponham fim a oito meses de derramamento de sangue. "Esta noite peço uma trégua total na região e repito que se os palestinos aceitarem esta proposta de trégua, nós a aceitaremos imediatamente", disse Sharon numa entrevista coletiva.

Agencia Estado,

22 Maio 2001 | 15h42

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.