Situação de Yasser Arafat é "muito difícil"

O presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Yasser Arafat, passa por uma "situação muito difícil". Uma equipe de médicos da Jordânia foi convocada com urgência para tratá-lo, informam altos representantes palestinos. Dezenas de importantes líderes palestinos dirigem-se nesta noite ao complexo de Arafat na cidade de Ramallah. A mulher do presidente, Suva, que vive na França, também está a caminho da Cisjordânia. O atual primeiro-ministro palestino, Ahmed Korei, e o ex-premier Mahmoud Abbas também foram convocados à residência do presidente Arafat. Uma alta autoridade palestina diz ter visto Arafat inconsciente nesta quarta-feira, mas não está claro se ele estava em coma, dormindo ou sedado.

Agencia Estado,

27 Outubro 2004 | 19h10

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.