AFP PHOTO /dpa / Swen Pförtner
AFP PHOTO /dpa / Swen Pförtner

Sobe para oito número de mortos pela tempestade Friedericke na Alemanha

No total, a tempestade deixou 11 mortos na Europa Setentrional; outras duas pessoas morreram na Holanda, e uma, na Bélgica

O Estado de S.Paulo

19 Janeiro 2018 | 11h56

BERLIM - A tempestade de inverno Friedericke já deixou ao menos oito mortos na Alemanha, onde o tráfego ferroviário das principais linhas era gradualmente retomado nesta sexta-feira, 19.

+ Temporal na França causa prejuízos de pelo menos 200 milhões de euros

No total, a tempestade deixou 11 mortos na Europa Setentrional. Outras duas pessoas morreram na Holanda, e uma, na Bélgica.

Em Saxe-Anhalt, no leste da Alemanha, dois homens não resistiram aos ferimentos e faleceram, anunciou a Polícia local nesta sexta.

Os trens em alta velocidade voltaram a circular normalmente no sul, mas o restante do país continuava a ser afetado por "fortes perturbações", informou a empresa Deutsche Bahn.

Até o fim da manhã, o acesso por via férrea às grandes cidades deve estar liberado, e a situação deve se normalizar completamente no fim de semana, acrescentou a companhia, que suspendeu ontem o tráfego das principais linhas.

A medida não era tomada desde 2007, quando a tempestade Kyrill se abateu sobre o país. / AFP

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.