Submarino canadense à deriva; tripulante em estado crítico

Um submarino da Marinha canadense, comprado de segunda mão dos britânico há quatro dias, encontra-se à deriva no Atlântico. Navios do Reino Unido tentam enfrentar o mau tempo para alcançá-lo e rebocá-lo até a costa. Três tripulantes foram transportados de helicóptero para a Irlanda, a fim de receber tratamento médico para os ferimentos sofridos no incêndio que danificou a embarcação. Um deles está em condição crítica, segundo o Ministério da Defesa britânico. O HMCS Chicoutimi, em sua viagem inaugural como membro da marinha canadense, enviou um pedido de socorro na terça-feira, depois que um incêndio de origem elétrica teve início a bordo. A Força Aérea Real britânica enviou um helicóptero de resgate à embarcação, que se encontrava a 185 km da costa da Irlanda. Três navios britânicos e dois rebocadores se dirigiram ao local, mas um oficial da Marinha canadense disse que o reboque talvez só ocorra na sexta-feira, por conta do mau tempo. A fragata HMS Montrose chegou até o Chicoutimi nesta quarta-feira e transferiu suprimentos para o submarino.

Agencia Estado,

06 Outubro 2004 | 18h10

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.