Suspeito por tiroteio em Orlando é preso na casa da mãe

A polícia de Orlando, no Estado da Flórida (EUA), disse que o suspeito pelo tiroteio de hoje, identificado como Jason Rodríguez, de 40 anos, se entregou sem resistência a agentes da Swat no apartamento da mãe. A polícia também voltou atrás nas informações, e confirmou a morte de uma pessoa (ao invés de duas, como foi divulgado antes), além de cinco feridos.

AE, Agencia Estado

06 Novembro 2009 | 18h21

O tiroteio ocorreu no quarto, oitavo e décimo segundo andares do edifício comercial no centro de Orlando. De acordo com os investigadores, Jason trabalhou numa empresa no edifício Legions Place. As informações são da Dow Jones.

Mais conteúdo sobre:
EUA Orlando tiroteio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.