Tempestade na América Central já causou 131 mortes

Subiu para 131 o total de mortes provocadas pela tempestade tropical Agatha, na Guatemala, Honduras e El Salvador. Dezenas de pessoas estão desaparecidas e milhares perderam suas casas, enquanto equipes de resgate lutam para chegar a comunidades isoladas. Os três países declararam estado de emergência, para mobilizar recursos mais rapidamente nas tarefas de resgate e reconstrução, por causa das chuvas torrenciais iniciadas na noite de sexta-feira.

AE-AP, Agência Estado

31 Maio 2010 | 16h27

A Guatemala registra o maior número de vítimas da tempestade - 108 - segundo um porta-voz da Coordenação Nacional para a Redução de Desastres (Conred). Segundo ele, há 53 pessoas desaparecidas e outras 111.964 foram retiradas de suas casas por causa das chuvas. Além disso, na quinta-feira, um vulcão próximo da capital guatemalteca arremessou uma pedra que matou uma pessoa, além de lançar uma nuvem de cinzas sobre Cidade de Guatemala.

Já o presidente de El Salvador, Mauricio Funes, disse que há nove mortes confirmadas pelas chuvas em seu país. Pelo menos 140 deslizamentos de terra foram registrados e 11 mil pessoas foram evacuadas.

Honduras tem 14 mortes e pelos menos nove desaparecidos. O presidente Porfirio Lobo declarou ontem emergência nacional. Em Honduras, 2.256 pessoas foram retiradas de suas casas, e também 2 mil casas e 52 estradas ficaram danificadas. Outras 21 estradas ficaram totalmente destruídas, segundo um balanço parcial do governo local. A maioria dos problemas em Honduras ocorreu na parte sul do país.

Honduras e El Salvador fecharam temporariamente a fronteira terrestre desses países em El Amatillo, no domingo, pois o rio Goascorán, que serve de linha divisória nesse ponto, estava cheio e inundava a região. Em El Salvador, Funes decretou ontem estado de emergência e qualificou a situação no país como "crítica", por causa da ameaça de deslizamentos de terra.

Agatha é a primeira tempestade da temporada de furacões de 2010. Ela perdeu força e se tornou uma depressão tropical, ao chegar a regiões montanhosas na madrugada de domingo, mas ainda deve levar chuvas para a região.

Mais conteúdo sobre:
empestade Agatha América Central mortes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.