Terrorista palestino mata 5 em Netanya

Um terrorista suicida detonou uma bomba na entrada de um shopping center na cidade de Netanya nesta sexta-feira, provocando sua morte e de outras cinco pessoas. Outras 40 pessoas ficaram feridas, segundo informações de testemunhas. Eles disseram às estações de rádio israelenses que a explosão pôde ser ouvida a centenas de metros de distância e que uma nuvem negra de fumaça surgiu após o incidente. De acordo com um policial israelense, a bomba foi detonada por um suicida. O terrorista carregava uma sacola e tentou entrar no shopping center Sharon, que estava cheio no momento do atentado. Como os seguranças impediram que o homem entrasse no centro comercial, ele detonou a bomba na entrada, de acordo com as testemunhas. "Eu vi um jovem que parecia um árabe carregando uma grande sacola azul e disse ´Olhe, é um terrorista", disse uma testemunha, identificada apenas como Shibolet. Ela informou que avisou a polícia, mas a bomba explodiu antes que as forças de segurança chegassem ao local. A cidade de Netanya fica a apenas 10 quilômetros de distância da fronteira de Israel com a Margem Ocidental. Essa fronteira não tem cercas nem muros e funcionários israelenses admitem que cerca de 20 mil palestinos atravessam a fronteira diariamente para trabalhar em Israel. Por causa dessa facilidade de acesso, a cidade também é um dos principais alvos dos terroristas palestinos.

Agencia Estado,

18 Maio 2001 | 06h22

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.