Thatcher diz que Europa causa problemas à Grã-Bretanha

A ex-primeira-ministra conservadora Margaret Thatcher, de 76 anos, prometeu nesta terça-feira uma luta sem trégua ao "pensamento repugnante" de uma Grã-Bretanha submetida à Europa. Ela acusou o primeiro-ministro trabalhista Tony Blair de ter "valores socialistas no sangue" e atacou o euro. "A Europa foi sempre a causa de nossos problemas, jamais a solução", disse ela, que ficou conhecida como Dama de Ferro.

Agencia Estado,

22 Maio 2001 | 21h37

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.