Tigres mortos por gripe na Tailândia são quase cem

Quase cem tigres já morreram ou foram sacrificados por causa de um surto de gripe avícola num zoológico tailandês, mas autoridades sanitárias garantem que a disseminação do vírus está sob controle. Os tigres do Zoológico de Sriracha, em Chonburi, região central da Tailândia, adoeceram depois de terem sido alimentados com carne de frango provavelmente contaminada com o vírus. O zoológico abrigava 441 tigres antes de 14 de outubro, quando as mortes começaram. Pelo menos 83 tigres morreram por causa da doença, inclusive 18 sacrificados com injeção letal, disse Preecha Rattaporn, diretor do Centro de Proteção e Conservação de Animais Selvagens da Tailândia. Onze tigres mortos no início do surto foram enterrados sem a realização de testes para saber se tinham a doença. "A situação está sob controle agora. Apenas cinco ou seis tigres ainda estão doentes. Se a situação piorar, não creio que haverá mais do que cinco mortes por causa da gripe avícola", lamentou.

Agencia Estado,

22 Outubro 2004 | 15h45

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.