Tornado atinge cidade do Uruguai e deixa pelo menos quatro mortos

Por conta das fortes chuvas e tempestades, 11 dos 19 departamentos do país sul-americanos estão em estado de alerta laranja

O Estado de S. Paulo

16 Abril 2016 | 00h18

Quatro pessoas morreram e 15 estão em estado grave por causa de um tornado que castigou nesta sexta-feira a cidade uruguaia de Dolores, no departamento (província) de Soriano, sudoeste do país, informou à Agência Efe o diretor do Sistema Nacional de Emergências (Sinae), Fernando Traversa.

Além disso, por causa da severa situação meteorológica que o Uruguai atravessa, com 11 de seus 19 departamentos em alerta laranja devido às fortes chuvas e tempestades, o Sinae reportou uma pessoa morta, um desaparecido e dois feridos graves, detalhou Traversa.

O tornado, registrado por volta das 16h30, provocou grandes estragos na cidade de Dolores, de mais de 20 mil habitantes e localizada a cerca de 260 quilômetros de Montevidéu, com casas e prédios inteiros reduzidos a escombros, além de veículos destroçados, informaram à Efe fontes do corpo de Bombeiros.

De fato, segundo estas fontes, dois dos mortos foram vítimas do impacto de veículos erguidos do chão e empurrados pelos fortes ventos.

O dado das vítimas procede do último relatório realizado pelo Sinae, apesar de os Bombeiros afirmarem que não se descarta que se encontrem mais mortos à medida que se retire os destroços deixados por este fenômeno meteorológico.

Das sete pessoas em situação grave, duas são crianças que foram levadas para Montevidéu para serem atendidas, enquanto os outros cinco estão estáveis internados em Centros de Tratamento Intensivos do departamento.

Informações da imprensa local destacam que o número de feridos é superior a 200 e que 12 pessoas estão desaparecidas, que presumivelmente teriam ficado presas entre os escombros.

"A cidade está totalmente destroçada. O tornado começou na região sul e foi diretamente para o centro. O panorama é desolador", disse um morador do local à emissora "Canal 10".

O governo do Uruguai decretou esta tarde uma situação de emergência e foram deslocados para o local vários destacamentos de bombeiros das cidades próximas e outras equipes enviadas de urgência desde Montevidéu, assim como frentes de diferentes forças de segurança e do Exército.

O Instituto Nacional de Meteorologia do Uruguai decretou esta tarde alerta laranja por fortes tempestades e chuvas em quatro departamentos do país, entre eles o de Soriano, além de Colonia, Flores e San José, todos a sudoeste.

O alerta não advertia da possibilidade de um tornado, mas de fortes precipitações, sequências de ventos fortes, intensa atividade elétrica e talvez granizo.

Veículos de imprensa informaram que entre os destroços foram cometidos saques em algumas lojas e que já há pessoas detidas por estes fatos. / EFE

Mais conteúdo sobre:
Uruguai Montevidéu Tornado

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.