Três mil vão a enterro de militante pró-Taleban

Um militante paquistanês morto durante os ataques anglo-americanos ao Afeganistão foi enterrado hoje em Karacahi, Paquistaão, num cortejo que teve a participação de cerca de 3 mil simpatizantes. Ustad Farooq, que fazia parte do Harkat ul-Mujahedeen, grupo ligado ao Taleban, havia viajado para Cabul, capital afegã, para ajudar a combater os americanos. De acordo com líderes do Harkat ul-Mujahedeen, Farooq participou da elaboração de um plano para que o Taleban lutasse contra as tropas americanas. Manifestantes que apóiam o Taleban carregaram o caixão de Farooq e alguns chegaram a entrar em confronto com a polícia. Não foi registrado nenhum grande conflito entre a população e a polícia e ninguém ficou ferido. "Meu irmão sacrificou sua vida pela causa do Islã. Ele é um mártir. Nós não sentimos pesar por sua morte, e nós também estamos pronto para continuar com sua missão", disse Abdul Rahim, irmão de Farroq. Durante os ataques anglo-americanos, morreram outros 21 integrantes do Harkat ul-Mujahedeen, que lutam para que a Caxemira seja anexada ao território paquistanês. Leia o especial

Agencia Estado,

25 Outubro 2001 | 06h12

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.