Tropas norte-americanas intensificam ataques em Faluja

As forças norte-americanas continuaram atacando por terra e ar o núcleo rebelde de Faluja nesta sexta-feira, após o fim das negociações de paz com a recusa, de representantes da sociedade, ao pedido do primeiro ministro iraquiano, Ayad Alawai, para entregarem o dirigente Abu Musab al-Zarkawi. Três pessoas já morreram e outras sete ficaram feridas. Pela manhã, dois novos ataques aéreos foram perpetrados contra lugares que, segundo o exército dos EUA, eram usados por aliados de al-Zarkawi como centros de planejamento de ações terroristas. Na noite desta terça, aviões e artilharia castigaram a cidade, que fica a 65 km de Bagdá, enquanto batalhões de infantaria da Marinha atacavam posições rebeldes. As operações norte-americanas contra regiões dominadas pelos rebeldes sunitas foram intensificadas nas últimas semanas devido à proximidade do Ramadan, que começa nesta sexta. O objetivo é impedir que se repita a violência que o acompanhou no ano passado.

Agencia Estado,

15 Outubro 2004 | 05h15

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.