Carlos Barria/Estadão
Carlos Barria/Estadão

Trump alerta para possibilidade de 'grande conflito' com Coreia do Norte

Presidente americano disse que está buscando solução diplomática para a crise, mas advertiu que os esforços podem falhar

O Estado de S.Paulo

28 Abril 2017 | 00h56
Atualizado 28 Abril 2017 | 07h12

HONG KONG - O presidente dos EUA, Donald Trump, alertou na quinta-feira 27 para a possibilidade de um "grande conflito" com a Coreia do Norte, e disse estar buscando uma solução diplomática para a crise com o país. 

Em entrevista à agência de notícias Reuters, Trump elogiou o presidente chinês, Xi Jinping, pelos esforços para resolver a disputa relacionada ao programa de mísseis e armas nucleares de Pyongyang, mas avisou que os esforços diplomáticos podem falhar. 

"Há uma chance de que possamos acabar tendo um grande conflito com a Coreia do Norte", reconheceu.

As observações de Trump chegam em um momento de tensão, com sinais de que a Coreia do Norte pode conduzir outra detonação subterrânea em sua base de testes em Punggye-ri, apesar dos alertas do presidente americano para não fazê-lo. 

A China tem tido um papel de mediação na crise com Trump, já que Xi Jinping pressionou seu aliado para não conduzir um teste.  "Acredito que ele (Xi Jinping) está tentando muito. Ele certamente não quer ver turbulência e mortes", afirmou o magnata. 

O líder americano ainda falou sobre Kim Jong-un. "Ele tem 27 anos de idade. Seu pai morreu e ele assumiu o regime. Diga o que você quiser, mas isso não é fácil, especialmente nessa idade", comentou. 

Os EUA estão pressionando as Nações Unidas para impor sanções mais duras contra a Coreia do Norte em razão de seu programa nuclear e balístico. Os esforços diplomáticos têm coincidido com manobras militares dos EUA e da Coreia do Sul em Pocheon, no nordeste de Seul, onde aliados mostraram algumas de suas armas mais recentes.  / THE NEW YORK TIMES

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.