AP Photo/Richard Drew
AP Photo/Richard Drew

Trump Jr. publica ensinamento sobre socialismo para a filha no Twitter e recebe críticas

Em publicação, filho do presidente americano usa doces do Halloween como exemplo

O Estado de S.Paulo, O Estado de S.Paulo

01 Novembro 2017 | 16h51

WASHINGTON - Donald Trump Jr., o primogênito do presidente dos EUA, postou em seu Twitter na terça-feira 31 um texto sobre como ensinou à filha o que era “socialismo” e desperou uma série de críticas dos internautas. Alguns chegaram a chamá-lo de ignorante. "Vou pegar metade dos doces da Chloe esta noite e dá-los a alguma criança que ficou em casa. Nunca é cedo demais para ensiná-la sobre socialismo", explicou Trump Jr. na mensagem, se referindo à filha e aos doces que ela ganhou no Halloween, quando as crianças se fantasiam e vão de casa em casa ao cair da noite pedir doces para não fazer travessuras.

A publicação provocou muitas reações, a maioria reprovando a brincadeira do filho do presidente. A ex-modelo indiana e apresentadora do programa Top Chef, Padma Lakshmi, foi uma das que não gostaram da mensgaem. “Sério? Sua filha não tem o suficiente? Alguns chamam isso de dividir. Alguns de nós foram pedir doces com uma caixa para fazer doações ao Unicef”, escreveu no Twitter.

A estrela do YouTube @Bearpigman disse a Donald Trump Jr. que "socialismo foi ela ter recebido os doces gratuitamente. Você pegar a metade por razões que ela não consegue entender é capitalismo".

Outra que não gostou da brincadeira do filho do presidente foi a jornalista Adam Weinstein, que respondeu a publicação sarcasticamente. “Devia prometer a ela algumas guloseimas para você parecer bonzinho, mas não dar nada. Nunca é muito cedo para ensiná-la sobre a Organização Trump", comentou. Adam fez referência a Donald Trump, que teria prometido entregar um cheque de US$ 25 mil à família de um militar morto no Afeganistão, o que nunca ocorreu.

A usuária do Twitter @Trisha_Bateman rebateu a publicação dizendo que os doces de Halloween são comprados e distribuídos gratuitamente e, por isso, repartir as guloseimas não teria nada de socialista. “Querida, está vendo quantas guloseimas você recebeu? Não divida com ninguém. É assim que os Trump agem. Somos egoístas”, publicou, ironizando a mensagem de Trump Jr. / AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.