AFP PHOTO / NICHOLAS KAMM
AFP PHOTO / NICHOLAS KAMM

Trump recebe presidente peruano e critica a Venezuela

Republicano diz ter um 'grande problema' com o país latino-americano, que, segundo ele , faz 'tudo mal'

O Estado de S.Paulo

24 Fevereiro 2017 | 18h47

WASHINGTON - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta sexta-feira, 24, em encontro com o presidente peruano Pedro Pablo Kuczynski ter "um grande problema" com a Venezuela. Sem entrar em maiores detalhes, antes de se reunir a portas fechadas com o líder peruano, o republicano disse que Caracas "está fazendo tudo muito mal".

As declarações foram dadas após o governo americano sancionar o vice-presidente venezuelano Tareck  Al-Aissami e Trump defender a libertação do opositor Leopoldo López. 

Na pauta da reunião bilateral, segundo Kuczynski, ainda constaram a requisição para Washington extraditar o ex-presidente peruano Alejandro Toledo, que tem contra si um mandado de prisão internacional por seu envolvimento com propinas da Odebrecht e imigração. PPK, como é conhecido, disse prefere construir "pontes a muros". A extradição de Toledo foi debatida brevemente, segundo o presidente peruano.

Antes do encontro com Trump, PPK - o primeiro líder latino-americano a se encontrar com Trump - alertou para o risco da emigração em massa de venezuelanos afetados pela crise para países vizinhos. Nos últimos meses, 

"Há pessoas com graves problemas de saúde na Venezuela (pela escassez de remédios)", disse Kuczynski. "Precisamos de um grupo de países dispostos a ajudar."/ AFP, EFE e AP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.