1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Tsunami de 2004 matou mais de 220 mil em 13 países

O Estado de S.Paulo

12 Março 2011 | 00h 00

Tremor de 9 graus na escala Richter causou onda que deixou cerca de 1,5 milhão de pessoas desabrigadas

Às 7h59 do dia 26 de dezembro de 2004 a terra tremeu no leito marinho próximo a Aceh, no norte da Indonésia. O terremoto de 9 graus na escala Richter causou o maior tsunami que o mundo havia visto em 40 anos. A onda destruidora matou mais de 220 mil pessoas em 13 países. Aproximadamente 1,5 milhão de pessoas ficaram desabrigadas.

Apenas na Indonésia, houve cerca de 167 mil mortos. A região mais afetada foi Banda Aceh, capital da Província de Aceh. As imagens de moradores das áreas rurais carregando alguns pertencem enquanto caminhavam por entre um cenário de devastação na região correram o mundo.

As nações vizinhas também registraram destruição de proporções bíblicas. No Sri Lanka, mais de 35 mil pessoas morreram. Na Índia, o número estimado chegou a mais de 16 mil. Na Tailândia, foram mais de 8 mil.

Corpos eram encontrados em cima de árvores e apareciam boiando nas regiões costeiras dos países mais atingidos pela onda gigante. A diplomata brasileira Lys Amayo de Benedek D"Avola, de 48 anos, e seu filho Gianluca, de 10 anos, acabaram mortos pela inundação que atingiu as Ilhas Phi Phi, na Tailândia.

Na contagem preliminar, as mortes chegaram a cerca de 150 mil. No entanto, meses após o desastre, quando as autoridades pararam de encontrar corpos de vítimas, cerca de 70 mil pessoas que jamais foram encontradas acabaram sendo incluídas no total de mortos.

Países africanos banhadas pelo Oceano Índico a cerca de 8 mil quilômetros do epicentro do tremor também registraram mortes e destruição. Mais de 300 pessoas morreram nas nações do leste da África.

O sismo fez com que o nível do leito marítimo oscilasse em 10 metros, o que provocou o deslocamento de centenas de quilômetros cúbicos de água. As ondas que resultaram desse impacto chegaram a 800 km/h.

A ONU estimou que a reconstrução dos países atingidos pelo tsunami de 2004 duraria cinco anos. Os prejuízos estimados passaram de US$ 10 bilhões. Seis meses depois do desastre, cerca de US$ 12 bilhões tinham sido arrecadados pela comunidade internacional para enfrentar os problemas causados pelo tsunami. Autoridades cuidaram para que febre tifoide, cólera e malária não se espalhassem. Depois do desastre de 2004, um sistema de alerta de tsunamis foi criado na região.

  • Tags: