REUTERS/Yaser Al-Khodor
REUTERS/Yaser Al-Khodor

Turquia detém 12 suspeitos de serem membros do Estado Islâmico

Entre novembro e dezembro, 280 pessoas que transitavam no país também foram presas

O Estado de S.Paulo

26 Dezembro 2017 | 09h06

A polícia da Turquia prendeu 12 suspeitos de serem membros do grupo terrorista Estado Islâmico. A corporação fazia uma operação na província de Adana, no sul do país, segundo a agência de notícias Dogan. Todos os presos são de nacionalidade síria. 

Uma segunda operação está sendo feita na região de Istambul para prender outros possíveis membros do grupo jihadista. Ainda não se sabe quantos foram os detidos nas buscas, que incluíram material digital e documentação da organização. 

Neste mês de dezembro, mais de 80 pessoas foram presas por suspeitas de planejar atentados na Turquia. Outros 200 foram detidos pelo mesmo motivo em novembro. 

A Turquia é um país euroasiático, o que a coloca como um terriório estratégico para migrantes que querem chegar na Europa ou na Ásia. 

Nos últimos anos, a Turquia tem sofrido inúmeros atentados, a maioria deles reivinicado pelo Estado Islâmico. /EFE

Mais conteúdo sobre:
Turquia Estado Islâmico terrorismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.