Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Internacional » Turquia veta divulgação de imagens de explosão em Istambul

Internacional

AFP / OZAN KOSE

Turquia veta divulgação de imagens de explosão em Istambul

Cerca de uma hora depois do ataque que deixou ao menos 10 mortos e 15 feridos, governo turco impôs proibição temporária alegando 'razões de segurança nacional e ordem pública'

0

O Estado de S. Paulo

12 Janeiro 2016 | 11h22

ANCARA - O governo turco proibiu os meios de comunicação de divulgar vídeos e fotos do atentado desta terça-feira, 12, em Istambul, no qual pelo menos 10 pessoas morreram e outras 15 ficaram feridas.

O vice-primeiro-ministro, Numan Kurtulmus, enviou uma hora depois da explosão, que aconteceu às 10h20 (hora local), uma ordem ao Conselho de Rádio e televisão impondo o veto temporário alegando razões de segurança nacional e ordem pública.

"Consideramos apropriada a imposição da proibição temporária de divulgação sobre o incidente", assinala a ordem sobre a explosão em Sultanahmet, a região mais turística de Istambul, onde fica, por exemplo, a Basílica de Santa Sofia e a Mesquita Azul.

Em geral, a imprensa está cumprindo a ordem, uma medida que o governo veio aplicando de forma rotineira nos últimos anos quando aconteceram situações parecidas. O maior veto deste tipo aconteceu em 10 de novembro de 2015, após o duplo atentando suicida que matou 102 pessoas em Ancara.

Oposição e organizações civis denunciaram este tipo de censura. No Twitter, algumas mensagens criticavam a medida e diziam que as proibições de informar "chegam antes mesmo de as ambulâncias". / EFE e AP

Mais conteúdo sobre:

Comentários