1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Ucrânia vai repassar US$ 3 bi para o exército até 2017

Estadão Conteúdo

24 Agosto 2014 | 08h 08

A Ucrânia planeja aumentar em até 50% os seus gastos militares, anunciou neste domingo o presidente ucraniano, Petro Poroshenko. Em discurso durante as comemorações do aniversário da independência do país, Poroshenko prometeu repassar cerca de US$ 3 bilhões para as forças de defesa do governo até 2017.

"Está claro que no futuro próximo, infelizmente, sempre haverá a ameaça de guerra", disse o presidente. "E nós não só temos que aprender a lidar com isso, devemos sempre estar preparados para defender a nossa independência", completou.

Com os recursos adicionais anunciados hoje, o gasto militar da Ucrânia apenas neste ano deve chegar a US$ 1,5 bilhão. O anúncio atende aos pedidos dos líderes militares do país, que enfrenta uma luta prolongada com os separatistas pró-Rússia.

Para analistas internacionais, a estratégia do exército ucraniano para conter os rebeldes no leste do país ainda é fraca. Segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), mais de 2 mil pessoas foram mortas desde o início dos conflitos. Fonte: Associated Press.