1. Usuário
Assine o Estadão
assine


UE diz que cessar-fogo na Ucrânia será positivo

Estadão Conteúdo

03 Setembro 2014 | 08h 49

A União Europeia ainda aguarda mais informações sobre o aparente acordo de cessar-fogo fechado entre Rússia e Ucrânia, segundo uma porta-voz, acrescentando que o bloco daria boas-vindas a uma interrupção "viável e mutuamente acertada" do conflito.

"Se a notícia se confirmar, será positivo", comentou a porta-voz, Maja Kocijancic. "Mas como já disse, precisamos de mais informações."

Mais cedo, a presidência da Ucrânia informou em seu site na internet que os presidentes ucraniano, Petro Poroshenko, e russo, Vladimir Putin, tinham chegado a um acordo de cessar-fogo no leste ucraniano. O Kremlin, por sua vez, respondeu que os líderes haviam, na verdade, discutido passos para chegarem à paz.

De acordo com a porta-voz, a UE está esperando que vários "elementos" sejam contemplados em um acordo de cessar-fogo sustentável, incluindo a devolução para autoridades ucranianas do controle de duas passagens fronteiriças com a Rússia. "Continuamos a pedir que a Rússia interrompa o envio de armas e militares (para a Ucrânia)", disse ela.

A UE está discutindo a possibilidade de anunciar uma nova rodada de sanções à Rússia, que estaria auxiliando separatistas pró-Moscou no leste ucraniano, segundo Kiev e governos do Ocidente. A decisão final sobre eventuais punições adicionais está prevista para sexta-feira (05). O Kremlin nega acusações de que teria enviado centenas de soldados russos para território ucraniano. Fonte: Dow Jones Newswires.