Anônimo via AP Photo
Anônimo via AP Photo

Van pega fogo, invade calçada e deixa 18 feridos em Xangai

Motorista fumava um cigarro enquanto transportava 'substâncias perigosas' e acabou perdendo o controle do veículo

O Estado de S.Paulo

02 Fevereiro 2018 | 02h22
Atualizado 02 Fevereiro 2018 | 08h14

XANGAI, CHINA - Uma van pegou fogo e subiu na calçada no centro de Xangai nesta sexta-feira, 2, provocando um acidente que deixou 18 feridos, três deles em estado grave, anunciaram autoridades locais e testemunhas.

+ Atropelamento na Austrália foi ato intencional, diz polícia

O acidente aconteceu às 9h (23h de quinta-feira em Brasília), momento em que muitas pessoas seguiam para o trabalho.

+ Motorista atropela ao menos quatro pessoas em Nova York

De acordo com as primeiras informações divulgadas, o motorista fumava um cigarro enquanto transportava "substâncias perigosas", que pegaram fogo. As chamas o levaram a perder o controle do veículo, informou a polícia do distrito de Huangpu. O acidente deixou 17 pedestres feridos, além do motorista, segundo as autoridades.

"A van já estava em chamas quando saiu da avenida e invadiu a calçada", afirmou Zhang Sai, um segurança que trabalha em um edifício próximo. Ele disse que o motorista perdeu o controle do veículo, que entrou em alta velocidade na calçada, atropelando várias pessoas, enquanto outras corriam para tentar sair do caminho. 

Reveja: Atropelamento em Melbourne deixa vários feridos

Em comunicado, a polícia afirmou que o suspeito de dirigir a van é um imigrante rural de 40 anos chamado Chen, oriundo da Província de Jiangxi e funcionário de uma empresa metalúrgica de Xangai.

O acidente aconteceu perto do Parque do Povo, no coração de Xangai, na parte oeste da avenida Nankin, uma via muito movimentada, com hotéis, centros comerciais e edifícios de escritórios. / AFP e EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.