Vice-presidente de Serra Leoa pede asilo na embaixada dos Estados Unidos

O vice-presidente de Serra Leoa, Samuel Sam-Sumana, disse no sábado que solicitou asilo na embaixada dos Estados Unidos em Freetown depois que soldados cercaram sua casa, após sua expulsão do partido governista APC este mês.

REUTERS

14 Março 2015 | 09h45

Um porta-voz do governo não estava imediatamente disponível para comentar.

Sumana foi expulso do partido APC do presidente Ernest Bai Koroma depois que uma investigação o acusou de criar seu próprio movimento político rival, deixando dúvidas se ele poderia continuar como vice-presidente.

(Reportagem de Umaru Fofana)

Mais conteúdo sobre:
AFRICA SERRALEOA VICE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.