AP Photo/Jacquelyn Martin
AP Photo/Jacquelyn Martin

Biden anuncia que não disputará Casa Branca

Decisão coloca fim a meses de suspense e retira um gigantesco obstáculo para que a favorita à presidência seja Hillary Clinton

O Estado de S. Paulo

21 Outubro 2015 | 15h10

WASHINGTON - O vice-presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, anunciou nesta quarta-feira, 21, que não tentará a indicação do Partido Democrata para disputar a eleição à presidência do país em 2016, colocando fim a meses de suspense e retirando um gigantesco obstáculo para que a favorita à Casa Branca seja Hillary Clinton.

Segundo Biden, a "janela" de tempo necessária para construir uma candidatura viável se "fechou", enquanto sua família se preparava para aguentar uma corrida eleitoral apesar da perda recente se deu filho Beau Biden, que morreu de câncer no cérebro, em maio."Infelizmente, acredito que nosso tempo acabou", disse Biden, ao lado do presidente Barack Obama e da mulher, Jill Biden, no Rose Garden da Casa Branca. 

Apoiado por democratas que buscavam uma alternativa a Hillary, Biden havia dedicado os últimos meses a conversar e decidir com sua família e assessores sobre a possibilidade de concorrer. 

Mas a medida que as deliberações se prologaram, os democratas começaram a questionar publicamente se o tempo para essa decisão não havia se esgotado, uma ideia que ganhou força diante do excelente desempenho de Hillary no debate democrata da semana passada. 

Em vários momentos, Biden relatou que seu filho Beau insistiu para que ele fosse candidato. O anúncio decepcionou seus seguidores, que apoiavam sua candidatura.

A pesquisa WSJ/NBC apontou que Hillary Clinton é a escolha preferida de 42% dos eleitores nas primárias democratas. Bernie Sanders tem o apoio de 35%, enquanto 17% dos eleitores das primárias democratas disseram que Biden seria sua melhor escolha. / AP  e REUTERS 

Mais conteúdo sobre:
EUA Joe Biden eleições nos EUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.