AP photo/Vahid Salemi
AP photo/Vahid Salemi

Vice-presidente iraniano retira candidatura e pede voto a Rohani

A decisão foi tomada um dia após a retirada de Mohamed Baqer Qalibaf (conservador), prefeito de Teerã, em benefício do religioso conservador Ebrahim Raisi

O Estado de S.Paulo

16 Maio 2017 | 16h04

TEERÃ - O primeiro vice-presidente iraniano, o reformista Eshaq Jahanguiri, se retirou da corrida das eleições presidenciais e pediu que seus partidários votem no presidente em fim de mandato, o moderado Hassan Rohani, informou nesta terça-feira, 16, a agência Isna.

"Durante as presidenciais, votarei em Rohani", declarou Jahanguiri depois de ter anunciado a retirada de sua candidatura às presidenciais que serão realizadas na sexta-feira.

"Cumpri com meu dever histórico e, junto a vocês, votarei em Rohani para ajudá-lo a continuar no caminho do progresso no qual o país está envolvido", declarou diante de milhares de pessoas reunidas em Shiraz (sul).

A decisão foi tomada um dia após a retirada de Mohamed Baqer Qalibaf (conservador), prefeito de Teerã, em benefício do religioso conservador Ebrahim Raisi.

Esses dois homens se aliaram contra Rohani, que se apresenta a um segundo mandato de quatro anos. / AFP 

Mais conteúdo sobre:
Hassan Rohani Irã

Encontrou algum erro? Entre em contato

0 Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.