Vicente Fox violou lei eleitoral mexicana

O presidente mexicano, Vicente Fox, violou a lei eleitoral ao aceitar US$ 260 mil de doadores de campanha estrangeiros e US$ 300 mil de alguns deputados de seu partido durante sua campanha à presidência em 2000, concluiu hoje o Instituto Federal Eleitoral. Fox não comentou imediatamente o assunto.

Agencia Estado,

24 Julho 2003 | 23h21

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.