Vídeo mostra diretora da Care implorando pela vida

A TV árabe Al-Jazira exibiu um vídeo da diretora da ONG Care no Iraque, Margaret Hassan, seqüestrada por terroristas no início da semana. No vídeo, ela implora ao povo britânico que aja para poupar sua vida. "Por favor, por favor, eu imploro... Não quero morrer como Bigley", disse, referindo-se a Kenneth Bigley, britânico decapitado diante das câmeras por seqüestradores no Iraque. "Por favor", prossegue ela. "Esta pode ser minha última hora". Um editor da Al-Jazira disse que o vídeo recebido pela emissora trazia apenas as declarações da refém, sem nenhuma exigência ou reivindicação de responsabilidade. Margaret Hassan tem cidadania britânica e iraquiana, é casada com um iraquiano e recusou-se a partir mesmo quando a invasão do país pelos EUA se tornou iminente, em 2003.

Agencia Estado,

22 Outubro 2004 | 12h49

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.