1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Ataque aéreo de Israel não matou comandante militar do Hamas, dizem militantes

REUTERS

20 Agosto 2014 | 14h 23

O braço militar do Hamas disse nesta quarta-feira que um ataque aéreo de Israel sobre Gaza não conseguiu matar o comandante militar do grupo, Mohammed Deif.

Em uma declaração transmitida pela TV, um porta-voz mascarado da Brigada Izz-el-Din al-Qassam afirmou que Israel errou o alvo. A mulher de Deif e o filho de sete meses do casal morreram no ataque.

"Os líderes do inimigo estavam em seus escritórios olhando as telas, e as informações de inteligência e os aparatos deles os fizeram acreditar que o momento de celebração era iminente", disse o porta-voz do Hamas. "Vocês falharam e erraram."

Ele também fez um alerta sobre mais ataques de foguetes do Hamas contra alvos estratégicos de Israel, incluindo o aeroporto Ben Gurion, no leste de Tel Aviv, a partir de quinta-feira.

(Reportagem de Nidal al-Mughrabi)