Atentados suicidas matam sete e ferem 45 no Paquistão

Em Peshawar, equipes buscam pessoas soterradas pelos escombros nos edifícios afetados pela explosão

Efe

13 Novembro 2009 | 03h21

Um carro-bomba suicida devastou o prédio da agência de inteligência em Peshawar

 

 

Um carro-bomba suicida devastou a principal agência de inteligência no noroeste do Paquistão nesta sexta-feira, matando sete e atingindo o coração da instituição que mais atua contra o terrorismo. Os sete mortos e  os 35 feridos deram entrada no hospital Lady Reading, disse um oficial de polícia.

 

Apenas uma hora depois, outro carro-bomba suicida feriu 10 pessoas no estação policial em Bakakhel, uma cidade da região semiautônoma tribal, disseram oficiais de inteligência na condição de anonimato.

 

Atualizada às 4h00

Mais conteúdo sobre:
ataques suicidas Paquistão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.