1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Bombardeio a sede de partido curdo no Iraque mata 18 pessoas

REUTERS

08 Junho 2014 | 12h 16

Pelo menos 18 pessoas morreram em duas explosões neste domingo na sede de um partido político curdo localizado na província iraquiana de Diyala, cuja população é etnicamente mista, disseram autoridades e médicos locais.

A maioria das vítimas do ataque são membros das forças de segurança curdas, que estavam guardando o escritório do partido União Patriótica do Curdistão (PUK), na cidade de Jalawla, 115 quilômetros a nordeste de Bagdá.

"Um homem bomba estacionou um carro cheio de explosivos perto da sede do PUK e, depois que o carro explodiu, ele conseguiu se esgueirar para dentro do prédio e detonar seu colete", disse Khorsheed Ahmed, presidente do conselho municipal de Jalawla.

As explosões foram a mais recente demonstração de força dos militantes, que nos últimos dias invadiram partes de duas grandes cidades, ocupando um campus universitário no oeste do Iraque e detonando uma dúzia de carros bomba em Bagdá.

Jawlala fica em um território disputado e é uma das diversas cidades onde tropas iraquianas e guardas curdos se enfrentaram em meio a reivindicações de posse sobre a área.

(Por Ahmed Rasheed)