1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Candidatos a presidente do Afeganistão dizem, ambos, liderar disputa

MIRWAIS HAROONI E HAMID SHALIZI - REUTERS

15 Junho 2014 | 12h 05

As candidaturas adversárias da campanha presidencial do Afeganistão declararam, ambas, liderar a disputa neste domingo, um dia após a votação, enquanto as autoridades ainda contam as centenas de mortos e feridos na violência ligada ao pleito.

Observadores e outras autoridades em Cabul temem que os dois candidatos possam estar preparando o terreno para reclamar de fraude e se recusar a aceitar a derrota, caso a diferença entre eles seja apertada.

As Nações Unidas pediram neste domingo aos candidatos, o ex-líder da Aliança do Norte Abdullah Abdullah e o ex-ministro das Finanças Ashraf Ghani, para honrar os procedimentos eleitorais.

Em caso de sucesso, a eleição vai marcar a primeira transferência democrática de poder da história do país. O vencedor vai substituir o presidente Hamid Karzai.